PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home

Tecnologia e Inovação - 18/06/2022

Guia de Transformação Digital do RH em 2022

Você não sabe por onde começar a transformação digital do RH de sua empresa? Não se preocupe, com o propósito de auxiliar em sua tomada de decisões pela digitalização, preparamos um Guia de Transformação Digital para gestão de pessoas em 2022.  

 

O primeiro passo da identificação é objetivos e questões processuais ou gargalos que apresentam a transformação digital. Para isso é preciso ter metas claras de onde ser quer chegar. Se o foco é a busca dos clientes, a melhoria das receitas, e a otimizar o fluxo de trabalho, estas pretendem mostrar qual o caminho para a transformação digital tomar e quais serão os primeiros passos.  

 

Para isso, elaboramos algumas questões que precisam ser analisadas:  

 

  • Como estão os processos dentro do departamento?
  • Ainda é utilizada muito papel na execução de tarefas?
  • Existe uma demanda expressiva por documentos físicos?  
  • O RH é consultado para questões estratégicas?    
  • O tempo gasto com autenticações de documentos, cartórios, emissão de guias para assinaturas e entrega contínua muito alto?    
  • Os funcionários dependem ainda de respostas do RH para demandas simples, como consulta de benefícios, férias e entregas terceirizadas?    

 

Sinais de alerta 

 

Todos esses pontos são sinais de alerta de que a falta de uma transformação digital em seu RH está afetando o gerenciamento de serviços e produtividade do departamento. O fluxo de trabalho precisa se tornar mais ágil e de tabela de documentos, e, definitivamente, a ser superada. Para isso, há muitas tecnologias à disposição no mercado: softwares de RH, pontos digitais, certificado digital, assinatura eletrônica e digital são ferramentas que podem ser adotadas.  

 

Com a adoção de ferramentas digitais eficientes, será possível aprimorar as metodologias de trabalho. Efeito prático é uma redução de erros, problemas rotineiros e processos repetitivos e burocráticos. A correção desses gargalos permite que o RH não perca o tempo de processos e tarefas onerosas e possa se debruçar no que de fato interessa: em processos de desenvolvimento para as pessoas, sem desenvolvimento profissional do funcionário, seu engajamento e sua jornada na empresa como forma de ter melhores resultados.  

 

Principais passos 

 

A transformação digital envolve automatizar processos e criar uma cultura de automação. Além disso, vai ainda mais longe e pergunta se os processos são realmente necessários, eliminando as tarefas rotineiras que antes serviam a um propósito quando os processos eram manuais, mas agora não pertencem a uma organização digital.

 

Estabeleça um objetivo claro 

 

É importante vincular a meta de transformação à meta de negócios. O valor do negócio é o que determina o sucesso de um projeto de transformação digital.

 

Identifique os principais players 

 

A responsabilidade por essa transformação é dos gestores e profissionais de RH. Os funcionários se reportam diretamente aos gerentes e qualquer mudança nas práticas de RH os afeta diretamente. Por isso é importante envolver os líderes no processo. 

 

Organize seus recursos 

 

Para garantir o sucesso de sua transformação digital, você precisará da ferramenta certa. Além disso, pode ser necessário contratar alguém para executar a tarefa. Portanto, você terá que certificar-se de ter adquirido ou contabilizado todos os recursos necessários antes de passar para a próxima etapa do processo. 

 

Determine o prazo 

 

Cada processo deve receber uma certa quantidade de tempo para demonstrar seu valor para a organização. Isso ajudará você a avaliar a duração geral do projeto de transformação digital de RH e o tempo necessário para medir sua eficácia. 

 

Categorize os processos 

 

A implementação de um software de recrutamento e triagem ajuda na eficiência da procura da pessoa certa para o cargo certo. Você também pode precisar reorganizar a estrutura de gerenciamento e criar uma estrutura menos hierárquica ao identificar processos que precisam ser substituídos. 

 

Crie uma cultura de digitalização 

 

Criar uma cultura de digitalização é essencial para a transformação digital do RH. As soluções automatizadas não devem ser usadas apenas por si mesmas, mas sim para aprimorar as habilidades humanas. Quando se trata de introduzir tecnologia em toda a equipe, a abordagem de base é particularmente eficaz. É preciso que preciso que todos estejam envolvidos e empenhados no caminho da mudança! 

 

Aplicação de ferramentas 

 

Depois da identificação de seus principais objetivos, o segundo passo de transformação digital é organizado como essas novas ferramentas a serem aplicadas e quais serão os tipos de plataformas que permitirão seu uso. Nesse, há uma tecnologia em aspecto indispensável para que se evite um investimento em equipamentos, bem como uma proteção de dados adequada.   

 

Na hora, é importante que haja a escolha certa do software de RH, que vai ajudar a empresa a otimizar tarefas demoradas, garantir que seu RH esteja em conformidade e criar a cultura da empresa. 

 

Essa é a hora da avaliar quais processos precisam ser automatizados e terceirizados, para que ganhem em produtividade e deixem o RH livre de tarefas burocráticas, a exemplo a elaboração de folha de pagamento, recrutamento e seleção, controle de frequência, RH Mobile, treinamento e desenvolvimento, são alguns recursos que só têm a ganhar com a transformação digital. 

 

Este também é o momento de escolha de serviços de suporte como um SaaS Software as a Service – que o uso de toda tecnologia como serviço, BSP –Business Service Provider – que sua empresa terceirize de forma estratégica a dos processos de folha de pagamento e administração de pessoal - e BPO – Business Process Outsourcing – que também permite a terceirização de gestão com uma equipe alocada dentro de sua empresa.  

 

Quer ter mais informações sobre este assunto?

Fale com a Apdata 

VOLTAR