PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home

Tecnologia e Inovação - 10/05/2019

Como criar um plano de treinamento e desenvolvimento de pessoas efetivo

O mercado de trabalho brasileiro exige que cada vez mais as empresas invistam no treinamento e desenvolvimento da equipe interna para atender à crescente demanda – o setor privado, no Brasil, precisa muitas vezes sanar o déficit educacional dos jovens profissionais e, por outro lado, treinar os mais maduros em novas tecnologias.

 

Mais do que o mero treinamento formal, o ensino corporativo à distância deve também estar conectado aos objetivos do negócio e ao próprio desenvolvimento individual do profissional.

 

Como definir um plano de desenvolvimento?

 

Antes de partir para a implementação efetiva de um sistema de educação corporativa –seja presencial ou à distância—é preciso que a organização defina a metodologia a ser utilizada para a definição dos treinamentos, bem como seus objetivos.

 

Primeiro: online ou presencial?

 

Determinar se a melhor opção de treinamento é online ou presencial é o primeiro passo para criar um plano efetivo de desenvolvimento. Organizações com um grande número de funcionários vão tirar mais proveito do treinamento online –que permite a flexibilidade da realização dos cursos, bem como a uniformização da mensagem para uma audiência que, muitas vezes, está espalhada por todo o país.

 

A educação presencial, ao contrário, não tem tanta flexibilidade. É preciso ter uma agenda, e os funcionários precisam estar presencialmente no local para receber o treinamento –o que pode inviabilizar essa opção, se a equipe for muito grande, ou trabalhar espalhada. É por isso que o treinamento online tem se tornado uma opção viável para muitas empresas.

 

Como criar um plano de treinamento?

 

Para criar um plano assertivo –seja ele online ou presencial-- é importante definir metas alinhadas às necessidades da empresa e objetivos do negócio.

 

Isso pode ser estipulado pelos gestores de RH a partir de várias metodologias –desde definir um calendário anual que abarque as necessidades gerais da organização, focando em planos de desenvolvimento específicos para cada indivíduo, ou construindo uma linha de treinamento com base nas competências necessárias para a organização chegar um determinado objetivo de negócio durante o período determinado.

 

Outro ponto importante no processo de criação do plano de treinamento e desenvolvimento é consultar os funcionários e entender quais são os níveis de habilidade e as aspirações de carreira de seus funcionários.

 

De qualquer maneira, o profissional de RH pode iniciar um planejamento estratégico a partir dos seguintes passos:

 

- Faça um diagnóstico do cenário atual: Identifique quais os principais grupos ou quais habilidades são as mais relevantes para o desenvolvimento do time. Qual será o objetivo do treinamento? Terá foco em PDI (desenvolvimento profissional) ou matriz de versatilidade (voltado para o desempenho das habilidades dentro da função)?

 

- Analise seu público-alvo: Trace um perfil do seu público-alvo de forma a oferecer a melhor modalidade de treinamento, dependendo da mobilidade, horários, natureza do trabalho, entre outros;

 

- Defina sua estratégia de aprendizagem: neste ponto, é preciso estabelecer qual é o tipo de plano de treinamento mais adequado para os diferentes públicos-alvo. Observe que o treinamento EAD não exclui totalmente o treinamento presencial e vice-versa;

 

- Estabeleça sua estratégia de execução: Defina prazos, metas e controles para o sucesso do plano de treinamento. Existem plataformas e sistemas que podem auxiliar neste controle, contribuindo com a verificação da presença, carga de treinamento realizada, até mesmo avaliação de reação, conhecimento e eficácia.

 

Vantagens do treinamento

 

Uma das maiores vantagens de um programa de treinamento bem estruturado é a diminuição do turn over dentro da organização. Além disso, o treinamento traz também economia quando se trata da própria operação: em empresas de serviços, como call centers, por exemplo, o treinamento ajuda a uniformizar o discurso da equipe, bem como empodera os profissionais a tomarem as decisões mais assertivas.

 

Planos de treinamento com foco no desenvolvimento profissional como um todo também auxiliam no desenvolvimento de planos de carreira para os melhores talentos da organização.

 

Tecnologia para integração e agilidade nos processos

 

Um dos principais desafios encarados por profissionais de Treinamento e Desenvolvimento é encontrar um sistema que permita implantar diferentes estratégias, permitindo uma gestão de maior visibilidade e assertividade.

 

O objetivo é poder unificar os sistemas e cruzar informações. Por exemplo, enquanto uma estratégia está focada no desenvolvimento profissional de um funcionário, a outra estratégia visa o desenvolvimento de uma habilidade específica para o cargo desse profissional. Com ambas em um único sistema, é possível ter maior visibilidade do progresso desse funcionário e avalia-lo de forma ampla, permitindo que o time de RH junto aos gestores definam os próximos passos para o desenvolvimento daquele funcionário.

 

É importante ressaltar que a curva de aprendizado é diferente para cada colaborador. Enquanto uns conseguem aprender com maior facilidade, outros levam mais tempo e precisam de mais treino para estarem realmente preparados para determinada atividade ou nova função. Essa curva de aprendizado pode ser difícil de identificar sozinha, mas, com um sistema de treinamento e desenvolvimento, é possível avaliar o progresso de cada funcionário e, assim, definir qual estratégia cabe melhor para cada perfil.

 

Como a Apdata pode ajudar sua empresa nesse processo

 

A Apdata desenvolveu uma solução pensada para o setor de RH, integrando e automatizando a gestão completa do capital humano, em um único produto. O GA – Global Antares conta om 18 módulos integrados, entre eles o de treinamento e desenvolvimento, que oferece recursos como gerenciamento de treinamentos obrigatórios, cursos necessários, custos, políticas, procedimentos e controle total de processos. Veja alguns dos diferenciais da plataforma:

 

Gerenciando treinamentos obrigatórios, cursos necessários, custos, políticas, procedimentos e controle total dos processos.

Controle de presença (inclusive por dispositivos eletrônicos), carga horária, avaliações e outros.

Controla a locação de salas, recursos, biblioteca, conteúdo programático, entidades de ensino e de professores.

Apresenta resultados para os gestores na geração do LNT e do PDI.

Apresenta as competências de cada contratado.

Controla custos reais e orçados.

Aderente a normas e procedimentos de qualidade.

Avaliação de reação, conhecimento e eficácia.

Tabulação completa de todas as avaliações criadas.

 

Entre em contato conosco e saiba como otimizar seus processos com o módulo de Treinamento e Desenvolvimento do GA.

 

Saiba como aplicativos e soluções mobile para RH podem facilitar a vida de gestores de funcionários nesse texto. 

VOLTAR