PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home

Gestão de RH - 19/05/2020

Como os RHs estão usando tecnologias para engajar os funcionários

Nos últimos anos, o “engajamento do colaborador” tem ganhado destaque nas empresas, pois é uma das formas mais sustentáveis de aumentar a lucratividade a longo prazo em um mercado saturado.

 

Assim, independentemente do tamanho da organização ou do segmento em que atua, todo negócio precisa ter uma força de trabalho altamente engajada.

 

O engajamento do funcionário é quando ele se sente confiante e motivado com o trabalho que faz diariamente – e é por isso que empresas que não têm uma boa estratégia para esse aspecto encontram dificuldade na retenção de bons talentos.

 

O departamento de Recursos Humanos é o responsável por coordenar essas estratégias. No entanto, tem sido uma tarefa desafiadora realizá-la usando os métodos mais tradicionais, e é por isso que o uso de tecnologias voltadas ao RH está em alta.

 

Treinamento e desenvolvimento do colaborador

 

Os funcionários não veem o emprego apenas como uma oportunidade de desenvolver tarefas e ser remunerado por isso. Na verdade, quanto mais propósito for atrelado à rotina, mais engajados eles estarão. A promoção de educação e capacitação é um grande atrativo para eles.

 

É mais difícil que o empregado se sinta engajado quando ele não possui as habilidades necessárias para desenvolver algumas tarefas ou não recebe o treinamento adequado.

 

Assim, soluções tecnológicas de RH que possibilitam o aprendizado, como plataformas digitais ou mobile, podem fazer a diferença na criação de uma força de trabalho mais engajada para a instituição.

 

É por isso que é fundamental que o departamento desenvolva e disponibilize métodos ágeis e eficientes de treinamentos, sejam eles obrigatórios ou opcionais.

 

Carreira e sucessão

 

Uma das formas de gerar propósito para o colaborador e, consequentemente, estimular o engajamento, é por meio de um plano de carreira. Afinal, muitos se sentem desmotivados por não conseguir enxergar um futuro de sucesso na organização.

 

Assim, o RH pode utilizar softwares de gerenciamento de carreira e matrizes de talento para criar projeções futuras com planos de sucessão. Porém, é importante que esse planejamento seja de fácil acesso ao trabalhador, para que ele próprio programe suas ações de curto, médio e longo prazo.

 

Gerenciamento de performance

 

Da mesma forma como o funcionário precisa saber onde deve chegar e de que forma, é importante que ele tenha acesso a uma solução tecnológica que o ajude nessa caminhada.

 

Os softwares que integram a performance do colaborador aos objetivos e metas pré-definidos têm sido cada vez mais utilizados pelo setor de RH. Essas ferramentas ajudam o departamento e os próprios funcionários a monitorar e compartilhar métricas ao longo do tempo, bem como identificar oportunidades de melhoria.

 

Além disso, essas plataformas de gerenciamento de performance permitem que os gestores se comuniquem e enviem feedbacks às equipes, bem como recomendações de treinamentos e relatórios.

 

Assim, quando o trabalhador consegue visualizar seus resultados ao longo do tempo e como eles se alinham com a estratégia pré-estabelecida para sua carreira, ele se sente mais engajado com seu trabalho e a empresa. Portanto, é importante buscar softwares que proporcionem feedback estruturado, com catálogo de ações de desenvolvimento, histórico de evolução e planejamento de carreira.

 

Processos automatizados

 

Uma das coisas mais improdutivas e desmotivadoras na rotina de trabalho é o excesso de procedimentos burocráticos e lentos que o colaborador tem que encarar ao longo do dia. Afinal, são processos que comumente demandam tempo e foco.

 

Portanto, é essencial que o RH disponibilize tecnologias para que sejam feitas quaisquer solicitações, aprovações ou reprovações de atividades.

 

A ferramenta deve ser intuitiva para que o próprio funcionário consiga criar solicitações de forma simples e rápida. O setor responsável pelo retorno, geralmente o RH, deve ser treinado para que as aprovações ou rejeições sejam providenciadas em um prazo adequado.

 

Quando o Recursos Humanos faz uso estratégico de tecnologia e soluções práticas, o engajamento do funcionário é crescente ao longo do tempo. Isso promove um aumento de produtividade e, consequentemente, de lucratividade para a organização a longo prazo. Assim, combinar essas ferramentas para criar uma experiência positiva para os colaboradores é uma oportunidade de atrair e reter os melhores talentos.

VOLTAR