PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home

Tecnologia e Inovação - 15/07/2020

As tecnologias que estão impulsionando a experiência do funcionário

A história das relações de trabalho teve uma grande virada quando surgiu, nos anos 1980, nos EUA, o conceito de Experiência do Funcionário (Employee Experience – EE). Trata-se de uma mudança de pensamento, em que o empregador busca proporcionar experiências customizadas dentro do ambiente de trabalho e, por outro lado, pretende aumentar a produtividade e o engajamento.

 

Uma das estratégias está em soluções tecnológicas, tanto no Recursos Humanos quanto nos outros setores. Uma delas é o Global Antares, software da Apdata que possui diversas ferramentas pensadas para facilitar a interação dos funcionários com a empresa, como o Mobile (em que ele pode fazer requisições por meio do celular) e o Portal (em que acessa vários dados sobre sua função).

 

Uma solução como essa proporciona transparência, simplicidade e mobilidade na rotina do funcionário, além de garantir uma aproximação entre os dois lados. Como essas tecnologias atuam para aperfeiçoar a Experiência do Funcionário? Leia a seguir:

 

Análise de dados

 

Qualquer funcionário, independente da função ou nível que ocupa dentro de uma organização, precisa saber onde deve chegar para poder traçar um plano de trabalho estratégico.

 

Porém, quanto mais dados ele tiver ao longo dessa caminhada a respeito de seu desempenho, melhor ele pode calibrar suas ações e mais rápido alcançar suas metas. Para isso, os empregadores devem oferecer ferramentas de análise de dados e desempenho que auxiliem a interpretar resultados e a traçar novas estratégias e planos.

 

Além disso, com acesso a essas informações, o colaborador pode inclusive obter mais sucesso na conciliação de sua vida pessoal com profissional. Mas para que tudo isso seja possível, a gestão deve ter consciência da importância de oferecer, além da tecnologia, autonomia e flexibilidade para seus funcionários. Caso contrário, será apenas mais uma ferramenta utilizada para aumentar a cobrança.

 

Recrutamento

 

O recrutamento de novos colaboradores é uma das funções mais importantes que o RH desenvolve. Porém, os estágios iniciais de seleção de currículo baseado em habilidades necessárias podem ser altamente cansativos e suscetíveis a erros além de demandar tempo e custo.

 

Com isso, o uso de tecnologias de Inteligência Artificial (IA) é uma das formas de melhorar a experiência do funcionário responsável pela seleção e também daquele que será selecionado para compor o quadro de colaboradores.

 

A automatização dos processos iniciais permite que os profissionais mais adequados sejam filtrados pelos rastreadores e que o especialista em recrutamento atue nas etapas finais, em que a sensibilidade humana e a habilidade de tomada de decisões se fazem necessárias.

 

Segurança

 

Organizações de todos os setores têm sido alvejadas, nos últimos anos, por crescentes tentativas de ataques cibernéticos. Considerando que cada dia mais as operações tornam-se digitais e os dados passam a ser armazenados na nuvem, é importante que os departamento de RH e Segurança da Informação atuem de forma conjunta para lidar com esse problema e evitar que dados sigilosos sejam acessados por desconhecidos.

 

A tecnologia é responsável por muitas mudanças positivas dentro da organização, mas de nada serve possui-la se aqueles que guiam o trabalho não possuem habilidades de gestão de pessoas ou a empatia mínima necessária para os processos de tomada de decisão.

 

Ou seja, é justamente o equilíbrio entre pessoas capacitadas e tecnologia de ponta que faz com que qualquer organização alcance suas metas e conquiste um lugar de respeito em um mercado altamente competitivo. E é também nessas empresas que as pessoas sentem-se valorizadas, motivadas e, consequentemente, possuem uma boa experiência como funcionários.

VOLTAR