PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home

Gestão de RH - 16/04/2021

A tecnologia na gestão de RH

Gestão da força de trabalho, monitoramento de métricas, nuvem, inteligência artificial. Os últimos anos transformaram a forma com que as empresas lidam com a gestão da força de trabalho e, principalmente, de talentos.  A tecnologia permite aos profissionais de RH melhorar as contratações, monitorar os funcionários e aumentar as taxas de retenção, entre outros processos típicos do setor.

 

Se outras áreas de uma empresa podem usar dados para encontrar novos negócios, fornecedores, comprar ou vender com maior precisão, por que o RH não pode usar dados comportamentais para monitorar ânimo, o stress, engajamento dos funcionários e até identificar o risco de perder talentos.

 

Com o avanço da tecnologia, as ferramentas voltadas para a gestão do RH estão se tornando mais simples de usar, mas apenas coletar dados não resolve. Eles só entregam valor se forem interpretados corretamente e oferecem insights úteis para os negócios.

 

O uso de dashboard no RH

 

Buscar novos talentos, desenvolvê-los e retê-los não é uma tarefa simples. A tecnologia permite simplificar os processos de recrutamento folha de pagamentos, gestão de desempenho e entrega para o RH uma enorme quantidade de dados sobre cada funcionário e permite à empresa que tome decisões baseadas nessas informações.

 

O dashboard (ou painel) é uma das ferramentas mais importantes e acessíveis para o RH, pois fornece informações claras para diversas questões importantes para a empresa.  E o dashboard precisa:

 

Rastrear problemas relacionados ao RH, como detectar o aumento da rotatividade em determinados departamentos e ajudar na busca pelos motivos que levam à saída desses funcionários.

 

Fornecer informações sobre o desenvolvimento dos funcionários e equipes.

 

Monitorar métricas relacionadas à força de trabalho de forma que o setor tenha acesso a análises que identifiquem tendências e entreguem insights que auxiliem os gestores na tomada de decisões.

 

Um dashboard eficaz deve ser ágil e adaptável, conforme surgem novas circunstâncias e contextos e, de acordo com essas mudanças, novas métricas devem ser implementadas para que ele continue relevante.  Para que tendências sejam identificadas, o dashboard precisa capturar informações relevantes e os organizar em uma tela por meio de tabelas, gráficos e medidores visuais que facilitam o monitoramento das métricas do setor.

 

Um bom dashboard

 

Analisar o desempenho e identificar o que pode ser melhorado dentro de uma empresa é o foco do uso de um dashboard. E isso não é apenas importante para os analistas de RH, mas também para gestores de todos os outros departamentos.  Por isso, RH e toda a empresa devem trabalhar juntos para identificar quais informações são relevantes para alinhar o desempenho da força de trabalho aos objetivos dos negócios.

 

Como personalizar?

 

Apesar de ser possível monitorar dezenas de métricas, essa não é a melhor prática. É essencial limitar as métricas monitoradas entre 8 e 12 KPIs mais importantes para serem analisados.

 

Os dados mais importantes são aqueles que, quando analisados, oferecem insights acionáveis, então, é importante entender quais podem contribuir para as melhores decisões.

 

É importante identificar os desafios de cada departamento para, em seguida, determinar quais os que se relacionam ao RH e determinar as métricas que ofereçam a melhor visão sobre esses desafios.

 

Quando bem configurado, o dashboard pode oferecer dados importantes para que o RH possa realizar melhorias por toda empresa. E esse dashboard não pode sobrecarregar o setor com informações que não sejam relevantes para o trabalho, então, ele precisa se concentrar em métricas que tenham real importância para os negócios.

 

O RH precisa ser capaz de capturar informações relevantes, analisar, compartilhar informações e agir de acordo com esses dados relacionados à força de trabalho. Se isso não for possível, ou a empresa encontra dificuldades para identificar problemas e buscar melhorias, talvez tenha chegado a hora de buscar uma solução de RH mais moderna e inovadora.

VOLTAR