PAÍS: world
IDIOMA:
PAÍS:
Home voltar para home
Todas as Notícias | 10/11/2022 09:30

Conhecendo a fundo a experiência do colaborador

 

A experiência do colaborador engloba todas as vivências do funcionário dentro de uma empresa, desde o processo de pré-recrutamento até o desligamento. Essa prática deve levar em consideração alguns pontos essenciais, como: os relacionamentos pessoais, os aprendizados, as relações com colegas e gerentes, o uso de tecnologias e o ambiente físico do trabalho.

Por que a experiência do colaborador é importante para a empresa?

Todos os momentos da experiência de um funcionário desempenham um papel fundamental em como ele se sente sobre o propósito e a cultura de uma empresa. Esse sentimento afeta diretamente o engajamento, retenção e desenvolvimento dos colaboradores dentro das suas funções. De acordo com uma pesquisa do Gallup, um terço dos trabalhadores globais concordam fortemente com a afirmação “A missão ou o propósito da minha organização me faz sentir que meu trabalho é importante para a sociedade”.

Melhorar a experiência do colaborador deve ser uma prioridade estratégica para todas as empresas. As vivências positivas atraem os melhores talentos por meio de uma forte reputação e impulsionam o alto desempenho por meio de relacionamentos significativos entre gerentes e funcionários. Essas experiências também podem levar os colaboradores a optarem por construir a carreira na organização, mas isso só acontecerá se a empresa oferecer a eles um ótimo ambiente de trabalho e a melhor oportunidade de se desenvolverem profissionalmente.

Alinhe a experiência do colaborador com o propósito e cultura da empresa

O ciclo de vida do funcionário e as experiências vividas dentro da organização devem ser construídas exclusivamente para refletir o propósito da sua empresa, a cultura e a marca do empregador.

Como a cultura da sua empresa é vista pelos colaboradores em seu processo de contratação e integração? Existe uma avaliação para medir o grau de entendimento dos funcionários acerca desses costumes empresariais?

Os costumes empresariais desempenham um papel importante na definição da cultura de uma organização. Portanto, os processos de integrar um novo colaborador na equipe, dar um feedback sobre o desempenho do funcionário ou uma demissão de forma não muito amigável expressam o “quem somos” e “o que nos importa” para o resto da equipe.

Os colaboradores acompanham o processo de contratação de novos talentos, portanto, ver um colega receber reconhecimento pode reforçar uma cultura positiva no local de trabalho. Porém, receber um feedback negativo de forma pública pode reforçar uma cultura negativa e gerar mal-estar em toda a equipe.

Práticas recomendadas para ter uma boa experiência do colaborador:

A relação entre o gerente e a equipe

A relação entre o gerente e os funcionários é importante em todas as etapas da jornada do colaborador. Os chefes têm a missão de auxiliar as equipes a desenvolverem seus pontos mais fortes, por isso, essa conexão é essencial para alcançar resultados positivos com o progresso do time. Manter um vínculo saudável é importante para o crescimento da empresa, uma vez que, a experiência dos colaboradores é guiada, em grande parte, pelos seus gerentes.

Função

Ainda de acordo com a pesquisa do Gallup, 41% dos entrevistados concordam fortemente que a descrição de sua função deve estar alinhada com o trabalho que são solicitados a fazer. As atribuições de cada funcionário e a clareza das responsabilidades do serviço são definidas inicialmente durante a contratação. Para que o contratado tenha uma boa experiência empresarial é essencial esclarecer o que é esperado dele.

Área de trabalho

Para realizar qualquer tipo de trabalho é necessário que se tenha um ambiente físico adequado e preparado para os funcionários desenvolverem suas atividades. A empresa deve fornecer todas as ferramentas necessárias para a produção do serviço. Além disso, evitar ruídos e distrações são outros fatores relevantes que devem ser considerados na experiência do colaborador.

Bem-estar

É difícil imaginar uma boa experiência do funcionário sem pensar em uma empresa que se preocupa fortemente com o seu bem-estar. A pesquisa global do Gallup identificou cinco fatores atrelados à boa vivência do trabalhador, são eles: construir uma carreira profissional de sucesso; ter vida social ativa; manter a estabilidade financeira; ter boa saúde física e psicológica e fazer parte de uma comunidade. Esses cinco tópicos estão conectados com as experiências vividas no ambiente de trabalho.

Por isso, as empresas precisam abordar a experiência do colaborador como uma estratégia e não como um desafio. Funcionários felizes e com qualidade de vida são mais produtivos e propensos a construir uma carreira de sucesso, desde que tenham boas condições de trabalho.

 

Por   Paulo Oliveira,   Gerente de Marketing da Apdata.

Matéria publicada em:

Cliente SA